sábado, 15 de novembro de 2008

O que é que é

Tudo que move. Um labirinto. Como a flor na primavera. Alegria, transformação. Uma coisa que quase sempre de um jeito ou de outro sempre acaba mal. Cego. Vem de nós e demora. Fluído como o vento, como o ar. Mais frio que a morte. O ridículo da vida. Flor roxa que nasce no coração dos troxa. Tudo que move. E tudo que move é sagrado.

Nenhum comentário:

Houve um revólver na minha vida. E fuzil também

Um trezoitão foi personagem de minha infância. Episódio difuso, enigmático, envergonhado, repleto de sombras: só fui saber mais dele quan...