quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Retrato em preto e branco

Chico, Roberto e Vandré: juntinhos



Encontrei a foto acima dentro de um caderno antigo que abrigava minhas anotações de outros tempos. Recortada de uma revista, bem pequena, mostra Chico Buarque, Roberto Carlos e Geraldo Vandré no auge da juvenília, provavelmente pela primeira e única vez juntos no mesmo retrato, antes que a vida os lançasse a rumos diversos. Quando? Bom, vou usar o mug (o boneco de pano que virou mania e Chico segura na foto) pra tentar situar. Tudo indica que é setembro/outubro de 1966, nos bastidores do 2º Festival da Record que teve empate no primeiro lugar: A Banda (Chico e Nara Leão) e Disparada (de Vandré e Theo de Barros, interpretada por Jair Rodrigues). Roberto, que não ficou entre os finalistas, cantou duas: Anoiteceu e Flor Maior.


Bom, mas isso são detalhes.  O que me pega, o que me interessa na foto é a reunião dos três em começo de carreira e os rumos tão diversos que eles viriam a seguir a partir daí. Os três devem ter se encontrado nos bastidores dos próximos festivais, mas será que tiraram outra foto nesse clima amigável de iniciantes? Eu não lembro de ter visto.




Vale a pena ver Chico e Nara assistindo e comentando a apresentação ao final do vídeo



Aqui, os bastidores do empate na finalíssima

Nenhum comentário:

Jorge Fernando: Eu sou o show

Releio a entrevista que fiz e da qual guardo ótimas lembranças, na primavera de 1994, com Jorge Fernando. Foi na revista Video News), ...