sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Por Onde Andam Meus Pés






A idéia surgiu no escurinho do cinema, bom, quase no escurinho, que o filme ainda não tinha começado. Ah, e se eu começasse a fotografar meus pés? Sem pensar duas vezes fiz a primeira foto. E virou mania, logo vieram outras, outras, mais outras....

Nenhum comentário:

Houve um revólver na minha vida. E fuzil também

Um trezoitão foi personagem de minha infância. Episódio difuso, enigmático, envergonhado, repleto de sombras: só fui saber mais dele quan...